fbpx
24 outubro 2019 Dicas

Você já ouviu falar em Banking as a Service?

Você lembra da última burocracia que precisou passar em um banco tradicional? Abrir uma Conta Corrente, ser cobrado por taxas abusivas, enfrentar uma série de problemas por conta de uma situação que poderia ser resolvida de maneira simples, entre muitas outras.

Para driblar isso, empresas que oferecem serviços para outras empresas, têm encontrado nas soluções de pagamento uma forma de ofertar produtos cada vez mais personalizados aos seus clientes e parceiros, e o melhor: fugindo da burocracia dos bancos tradicionais. 

Uma Conta de Pagamento, por exemplo, é uma opção que, diferente da Conta Corrente, permite aos seus clientes receber e administrar seu próprio dinheiro, sem precisar recorrer a um banco tradicional, mas sim dentro da sua própria plataforma. 

Mas e de Banking as a Service, você já ouviu falar?

Cada vez mais popular no Brasil, o termo Banking as a service
vem para revolucionar o mercado de pagamentos, e mais que oferecer uma plataforma completa, possibilita que empresas dos mais diversos segmentos possam ofertar serviços bancários por meio de uma integração via API de Pagamento (Application Programing Interface – Interface de Programação de Aplicação, em tradução literal). 

Não é uma mão na roda?

Pense o seguinte: um marketplace (espécie de ‘shopping virtual’) que oferece o serviço de contratação de diversos profissionais de limpeza e serviços gerais. 

Através da integração via API entre o sistema desse marketplace e a plataforma de Pagamento Banking as a Service, é possível que ele ofereça diversas opções de pagamentos aos clientes que contratam o serviço, bem como proporcione uma melhor forma de recebimento aos profissionais que atuam com os serviços ofertados, sobretudo se eles forem desbancarizados.

Na prática, o marketplace passa a não ser só mais um marketplace, mas um marketplace que oferece serviços de banco, o que amplia e muito as possibilidades de atender mais clientes e gerar ainda mais receita. 

No modelo banking as a service, sua empresa passa a ter características de banco.

Essa é uma solução recente no mercado, mas que vem se tornando cada vez mais popular no país, impulsionada principalmente pela explosão das fintechs. Com isso, ela promete ser a grande aposta para revolucionar o mercado de meios de pagamento nos próximos anos.  

O conceito de Banking as a service é ideal para empresas do tipo B2B, B2B2C ou ainda B2B2B2C.

Apesar disso, ainda precisamos enfrentar um outro paradigma: no Brasil, já são mais de 60 milhões de pessoas desbancarizadas, ou seja, que não possuem conta em bancos. Isso corresponde a quase 40% da população com mais de 18 anos.

Sua empresa está preparada para absorver esse público? 

Apesar de ganharem muita popularidade nos últimos anos, o grande desafio das empresas que adotarem o modelo banking as a service será o de ampliar o leque de serviços bancários dentro de sua própria plataforma, tornando-se fintech, para só então poder oferecer serviços de forma regularizada e com segurança.

Essa mudança está apenas começando, mas o player que entender o seu mercado e conhecer o seu cliente, sairá na frente e colherá os frutos de ser protagonista dessa revolução em seu segmento.